segunda-feira, maio 29, 2006

HISTÓRIA DAS FESTAS JUNINAS


Um pouco da história da festa

Comemoradas no Brasil desde o século XVI e trazidas pelos portugueses, as festas juninas sofreram adaptações, mesclando ritos pagãos e cristãos, têm características diferentes, de acordo com cada região do país.
Durante o solstício de verão da Europa (junho/julho) gregos e romanos homenageavam os deuses da colheita com fogueiras, cantorias e danças. Estas festas foram difundidas durante a ocupação romana, chegando assim a Portugal e com o cristianismo, os deuses foram substituidos pelos santos.

As festas juninas (de junho) ou joaninas (de João) correspondem às festas de Santo Antônio, São João e São Pedro, iniciam-se do dia 12 do mês, com os festejos da véspera de Santo Antônio e terminam no dia 29 (São Pedro).

Um exemplo de simpatia que se faz nestas festas:

Para Santo Antônio

Moças solteiras, desejosas de se casar, em várias regiões do Brasil, colocam-no de cabeça para baixo atrás da porta ou dentro do poço ou enterram-no até o pescoço. Fazem o pedido e, enquanto não são atendidas, lá fica a imagem de cabeça para baixo.

E elas pedem:
"Meu Santo Antônio querido,
meu santo de carne e osso,
se tu não me dás marido,
não tiro você do poço."


(in especial portoweb- festa junina)

7 Comments:

At 9:04 AM, Anonymous Anônimo said...

Lendo este texto sobre Festas Juninas, lembrei-me com grande saudade das comemoraçoes na minha cidade.Como era gostoso comer canjica, pé-de-moleque e ver tantas pessoas dançando a quadrilha. Depois, todos se esquentavam junto a uma fogueira.
Uma tradição como essa tem de ser lembrada e, mais que isso, passada aos nossos filhos.
Quem sabe, através de um conto ou mesmo através das músicas ou por meio de um simples relato das nossa lembranças, possamos manter viva essa tradição.

 
At 10:43 AM, Anonymous Anônimo said...

Lendo este blog, me veio à mente recordações de minha infância.Na escola eu gostava muita da quadrilha, da prisão e das penitências que eram feitas nestas festas, na rua fazíamos uma grande fogueira onde era tão bom comer batata-doce assada, pinhão cozido, bolo de fubá, pipoca e todas esta "comidas típicas da época" com a molecada e a vizinhança, pulávamos a fogueira para sermos compadres por toda a vida e éramos muito felizes com todas essas brincadeiras. Tempo bom hein?...

damaris

 
At 10:46 AM, Anonymous Anônimo said...

" O balao vai subindo, vem caindo a garoa... " Que saudade das festas.
Além da decoração e das roupas que caracterizam as festas juninas, você se lembram do "correio elegante" , da "cadeia" ?
Parabéns pelo artigo!

 
At 11:10 AM, Anonymous Anônimo said...

Amanhã, sábado 3 de junho, o CEB realizará no Cafe Literário, um conta contos em português sobre Festas Juninas. O objetivo é convidar às crianças a organizarem um festa junina. Além de estória, haverá também música com o cantor brasileiro Emerson Araújo, pé-de-moleque, bolo, brincadeiras etc. Quem tem criança de 3 a 11 anos, não deixe de participar.
Mais informaçoes no site do CEB
www.cebsantiago.cl

 
At 10:42 AM, Anonymous Anônimo said...

Visita la meva agenda de Catalunya: Agenda de Catalunya

 
At 12:55 PM, Anonymous Anônimo said...

isso naum fala o que eu quero para a escola

 
At 1:09 PM, Anonymous Anônimo said...

Aprendi muito

 

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home